Disney emite comunicado sobre o assassinado de George Floyd

Imagem: Black Lives Matter

Bob Chapek, CEO da The Walt Disney Company, divulgou uma carta direcionada aos funcionários da empresa sobre a morte brutal de George Floyd, nos Estados Unidos. Bob Iger, ex-CEO, e Latondra Newton, chefe de diversidade da empresa, também assinam o documento.

Confira a tradução livre do documento:

“Querido funcionário(a),

O recente assassinado de George Floyd, assim como outros ataques letais e abusos contra cidadãos negros americanos em nossa nação continua causando indignação e pede por ações pelas pessoas de todo berço cultural, incluindo muitos de nossos funcionários. Os sentimentos de raiva e dor nos faz confrontar a ideia de que a vida de alguns é considerada menos valiosa – e menos merecedora de dignidade, cuidado e proteção – do que a vida de outros.

Enquanto esses incidentes devastantes não são novos, há algo único que está acontecendo no momento. A pandemia, em conjunto com essas injustiças, empurrou os esses problemas para a luz.

Nós, também, não conseguimos colocar sentido nessas recentes tragédias que nos deixam transbordados de dor. Enquanto não temos todas as respostas, recorremos ao uso da compaixão, das ideias criativas e nosso senso coletivo de humanidade para que possamos criar uma cultura que acolhe a dor e os sentimentos de outras pessoas. Reconhecemos que agora, mais do que nunca, é hora para reforçar nosso comprometimento com a diversidade e inclusão em todos os lugares.

Continuaremos a colocar nossos esforços e recursos para discutir construtivamente esses assuntos de forma aberta e honesta, na busca por soluções. Manteremos esse discurso, não só hoje, mas por quanto tempo for necessário para superar esse desafio.

Bob Chapek, Bob Iger & Latondra Newton

A carta original, em inglês, pode ser consultada aqui.

Resposta a “Disney emite comunicado sobre o assassinado de George Floyd”

  1. […] Essa foi a segunda vez que a empresa se posicionou em um assunto social nos últimos meses, no meio do ano passado ela se posicionou em relação aos protestos Black Lives Matter. […]

Comentários

%d blogueiros gostam disto: