The Walt Disney Company adquire dívidas para cobrir operações

A The Walt Disney Company, o grande conglomerado de empresas do grupo Disney, está sendo obrigado a mergulhar em dívidas para manter a empresa durante esse período do impacto do coronavírus.

Desde o início do surto a empresa já anunciou dois pacotes de empréstimos bilionários. O primeiro foi em solo americano para levantar uma renda de US$6 bilhões de dólares em 5 empréstimos, com vencimentos entre 2025 e 2050, com juros entre 3.35-4.7%. O segundo pacote foi declarado junto ás autoridades canadenses, US$ 1.3 bilhão para ser pago até 2027.

Esses montantes de juntam aos US$38 bilhões que a Disney Já devia no fim do último ano fiscal.

A Disney não é a única empresa do entretenimento procurando por empréstimos no mercado, a Comcast (que opera a maior rival da Disney, Universal) também entrou na dança.

Com o fim do surto longe de acabar o futuro do entretenimento, no curto prazo, está incerto.

Respostas a “The Walt Disney Company adquire dívidas para cobrir operações”

  1. […] já falamos aqui que os parques permanecem fechados, estreias dos cinemas foram canceladas, a dívida da empresa foi às alturas e agora os executivos do grande escalão da empresa anunciam corte nos próprios […]

  2. […] com os parques fechados, dívidas sendo acumuladas e atrasos em seus lançamentos no cinema, a Disney tem mostrado força no envolvimento com a […]

  3. […] alguns dias reportamos aqui um conjunto de empréstimos que a empresa fez nos Estados Unidos e Canadá de mais de US$7 bilhões, mas parece que o buraco é […]

Comentários

%d blogueiros gostam disto: